AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO
PARTIDO PROGRESSISTA


Ezequiel Fonseca destina mais de R$ 9 milhões para a saúde pública de MT

Publicado em:13/12/2016

Defensor de uma saúde púbica de qualidade à toda população, o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP), assegurou através de emendas parlamentar, mais de R$ 9 milhões em investimentos na saúde pública de Mato Grosso. Grande parte dos recursos foram utilizados na aquisição de equipamentos hospitalares, veículos e ampliações de unidades básicas de saúde.

O Hospital Regional de Cáceres receberá recurso na ordem de R$ 700 mil, já na Capital o Hospital Santa Casa de Misericórdia será beneficiado com recurso no valor de R$ 500 mil. Também em Cuiabá, o Hospital do Câncer, receberá recurso no valor de R$ 200 mil. A saúde pública municipal de Tangará da Serra e Matupá receberão montante de R$ 400 mil cada uma. Já município de Barra do Bugres foi contemplado com emenda no valor de R$ 200 mil e Pontes e Lacerda, município polo da região oeste com mais de R$ 1 milhão.

O município de Barra do Garças foi contemplado com emenda parlamentar de autoria do Deputado Ezequiel no valor de R$ 250 mil; Brasnorte, R$ 150 mil; Canarana R$ 250 mil, Chapada dos Guimarães com R$ 300 mil; Curvelândia com R$ 195 mil; Conquista D` Oeste com 350 mil; Nortelândia com 200 mil; Nova Marilândia com 150 mil; Nova Ubiratã com 150 mil; Nova Xavantina com R$ 300 mil; Porto Esperidião com R$ 100 mil; Querência com R$ 250 mil; Sapezal com R$ 150 mil; e Sorriso com R$ 350 mil em investimentos.

No último dia 30 de novembro, o parlamentar anunciou ainda o pagamento de recursos federais, programados junto ao Orçamento Geral da União (OGU), no valor de R$ 2,4 milhões, desta vez, os municípios contemplados foram, Araputanga, Cáceres, Campos de Júlio, Comodoro, Conquista D` Oeste, Figueirópolis D` Oeste, Glória D` Oeste, Indiavaí, Jauru, Lambari D` Oeste, Mirassol D` Oeste, Nova Lacerda, Nova Marilândia, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião, Primavera do Leste, Reserva do Cabaçal, Rondolândia, São José dos Quatro Marcos e vale São Domingos.

Conforme o deputado, o quadro da saúde pública tem piorado em todo país, inclusive em Mato Grosso, por conta dos investimentos que não conseguem cobrir as despesas que estão em constante crescimento. O deputado lembrou que as quantias provenientes de emendas parlamentares não são suficientes para atender toda demanda dos municípios, mas que tem trabalhado para minimizar os problemas do setor em todas as regiões do Estado. No parlamento federal, ele destaca que vem cobrando ações de aperfeiçoamento do Sistema Único de Saúde (SUS) e outras com impacto direto na saúde pública.

*Assessoria do Imprensa do Parlamentar


Enviar por e-mail