AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO
PARTIDO PROGRESSISTA


Deputado Jerônimo Goergen atua no desenvolvimento do setor aéreo no comando da Frente Parlamentar dos Aeronautas

Publicado em:14/09/2017

Dirigentes do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) e outras entidades ligadas à atividade aeronáutica se reuniram na terça-feira, 12 de setembro, em Brasília, com deputados da Frente Parlamentar dos Aeronautas (FPAer). Em pauta, reivindicações comuns às empresas, profissionais e entidades e a decisão de unir esforços para o crescimento e fortalecimento da atividade aérea no País.

O presidente da FPAer, deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), destacou a união das entidades em prol do desenvolvimento do setor: “As entidades, quando não são unidas, elas perdem a razão de ser e, portanto, não mobilizam o seu associado. Quando elas são ouvidas – e este é o papel da frente parlamentar – elas se movem, aglutinam os liderados, fazem com que esses liderados acreditem na força da sua entidade e, com isso, ganha o setor como um todo”.

Um marco, como ressaltou o Secretário de Relações Institucionais do Sindicato Nacional dos Aeronautas, comandante Adriano Castanho: “Começamos um marco, na verdade, da atuação da Frente Parlamentar dos Aeronautas, que hoje deixa de ser somente do interesse do aeronauta e passa a ser do interesse do setor”.

Essa também é a opinião do coordenador institucional da FPAer, deputado Otávio leite (PSDB-RJ): “Essa unidade de todas as instituições que lidam com o setor é importantíssima para que a pauta que a gente tem no Congresso Nacional seja fortemente defendida”.

As entidades precisam estar representadas no Congresso Nacional porque um dos maiores problemas vividos pelo setor aéreo pode se resumir em ‘questões legais’, ponderou a advogada da Associação Brasileira de Pilotos da Aviação Civil (Abrapac), Priscila Mendezabal: “Infelizmente temos atualmente muita insegurança jurídica. As coisas acontecem hoje - uma regulamentação, uma legislação entra em vigor - e daqui a seis meses ela não vale mais. Isso traz realmente uma problemática para o setor”.

A reunião em torno de um objetivo comum também foi elogiada pelo diretor- geral da Associação Brasileira de Aviação Geral (Abag), Flávio Pires: “Importante destacar essa união entre as diversas associações em prol daquilo que nós chamamos de ‘bem comum da aviação civil’”.

Já o Coordenador Regional Nordeste da FPAer, deputado João Coutinho (PSB-PE) reforçou a necessidade de expandir a aviação. “Temos que induzir o fortalecimento da aviação regional, valorizando também a qualidade do serviço apresentado aos consumidores brasileiros, para que com isso possamos expandir ainda mais a aviação em nosso país”, observou.

Ao destacar a importância da aviação que atende às cidades sem voos comerciais, o diretor-geral da Associação Brasileira de Empresas de Táxi Aéreo e de Manutenção (ABTAer), comandante Domingos Afonso, disse que as melhorias no setor estão diretamente associadas à integração das entidades: “E é isso que nós viemos trazer aqui; uma voz única, um interesse único, convergindo numa timeline de prioridades para o nosso segmento de aviação. Não é só o táxi aéreo, não é só a empresa aérea; aqui é um grupo coordenado convergindo para um único sentido: para a melhoria”.

Presidente da Associação de Pilotos e Proprietários de Aeronaves (APPA), comandante George Sucupira, alertou para a importância de brigar pela diminuição dos impostos, principalmente sobre combustíveis – que encarecem a atividade aérea no país: “A única refinaria de gasolina – Avgas – da América do Sul é no Brasil, em Cubatão. Nós exportamos para toda a América do Sul e nós pagamos, no Paraguai, um terço do que custa aqui. Então precisamos tirar esse peso de impostos”.

O diretor da Associação Brasileira de Pilotos de Helicóptero (ABRAPHE), Maurízio Spinelli, também se mostrou satisfeito com a integração: “Ficamos muito lisonjeados com o convite de integrar essa frente e, principalmente, de somar o nosso conhecimento técnico específico na área de helicópteros para que possamos então alcançar esse objetivo, que é realmente a melhoria”.
*Assessoria Frente Parlamentar dos Aeronautas FPAer


Enviar por e-mail